terça-feira, 7 de dezembro de 2010

INCÓGNITA


Tempo
veloz
lento

De sabor a sal
a mel

De permeio
o prenúncio

a brisa
o tufão

Hoje
não sei

MV

24 comentários:

Armando Sena disse...

Bom o duplo sentido dado ao tempo. Esse que tudo nos ensina e também nos troca as voltas. E, como banda sonora, o velho e imenso hino dos Pink Floyd "Time"

Anónimo disse...

Óptimo poema - o tempo como incógnita de nós próprios: "Hoje não sei". Abraço.

José Marinho disse...

Com que diabo apareceu "anónimo"? Sou eu José Manuel Marinho.

mundo azul disse...

_________________________________


Há dias assim... Sintetizou muito em tão poucas palavras! Gostei!


Beijos de luz e o meu carinho, sempre!!!

______________________________

Secreta disse...

Agridoce...sentir.

Vieira Calado disse...

O tempo tem tudo.

Mas muitas coisas nunca saberemos.

Beijoca

Luna disse...

O tempo, por vezes nosso aliado, tantas vezes nosso inimigo.
Lindo

Rafael Castellar das Neves disse...

Sooopra, danado!!!

Muito bom!!

[]ss

Fatima disse...

Particularmente belo e sentido este poema.
Passei para desejar um natal repleto de muita paz, fraternidade e esperança.

bjgrande
Fatima

AugustoMaio disse...

Um Natal bonito.

Sonia Schmorantz disse...

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir, trazendo conforto e incentivando a continuar.
Todas suas palavras, seus comentários e presença foram muito importantes.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.
Feliz Natal!

Nilson Barcelli disse...

Tudo pode acontecer, de facto.
Excelente poema.
Querida amiga, desejo-te um Natal muito feliz.
Beijos.

Teresa disse...

O tempo também se repete em rituais...
Mas é tão bom quando fazemos novos amigos!

Feliz Natal!

Beijinhos.

Fernanda Rocha Mesquita disse...

Pasoo para desejar um feliz natal e a continuacao de boa inspiracao

José Marinho disse...

Um Natal e um Novo Ano plenos de Saúde, Alegria e Harmonia. Abraço. José.

Anónimo disse...

Do poema já falei, venho agradecer as tuas palavras deixadas no meu blogue e desejar-te um Novo Ano Pleno de Saúde, Alegria e Harmonia. Abraço.

Secreta disse...

Feliz 2011.

lua prateada disse...

Passando apenas para te desejar um Maravilhoso Ano Novo e dizer-te que....quero que chegue até ti, a brisa amiga da felicidade junto da caridade, quero que
as luzes deste Novo Ano, iluminem teus sonhos e que a alegria desse dia possa ser compartilhada com as pessoas que fazem
parte de tua vida.

Um grande beijinho e Feliz Ano Novo.

SOL

Teresa disse...

Marta,

Desejo que em 2011 seja Simplesmente

Feliz!

Beijinho.

Folhetim Cultural disse...

Olá feliz 2011! Parabéns pelo vosso blog!
Quero hoje que você possa conhecer o trabalho feito no Folhetim Cultural que é o blog pelo qual sou responsável este abaixo é o endereço:
informativofolhetimcultural.blogspot.com
amanhã sábado 1º dia do ano, iremos voltar com publicações.
Ás 9 horas da manhã minha coluna poética
Às 13 horas O Poeta entrevista quadro de entrevista
e ás 17 horas Chá das 5 onde um poeta colaborador escreve uma coluna poética. Ao longo da semana atualizações são feitas com noticiário cultural, espero que possa contar com seu apoio nessa empreitada e que possa opinar sobre o nosso trabalho agradeço a atenção lhe desejo um ano super!

Magno Oliveira
Folhetim Cultural

Paulo Tuba disse...

Sugestívo, sintético, com laivos metafísicos. Gostei muito.

Tenha um ótimo 2011, com felicidade e paz. Beijos e saudações.

Paulo.

Ana disse...

Amiga,passo pelo teu cantinho muitas vezes!
Que dizer-te?Sem palavras!
Bom Ano *2011*
Beijinho da amiga Ana
:-)

GUI disse...

Um tempo que interiorizamos nos nossos sentidos...Bonito!

GUI disse...

Tempo que se entranha em palavras, nos nossos sentidos...Bonito!