sexta-feira, 6 de maio de 2011

TACTEAR-TE


Quis tactear-te
no princípio e no fim
do que não se via.
No imenso nublado da noite
encontrei olhos cegos
mãos paradas e mudas
vozes taciturnas
na recta das palavras.
Quis tactear-te
dentro da terra verde
e impenetrável
fora do espaço azul
onde não havia porta.
Quis tactear-te
por todo o lado
e não te encontrei.

MV

14 comentários:

Tatiana disse...

Se o encontro tivesse existido daríam ao verso ainda mais encanto...
Desejo para você um feliz dia das mães!
Um beijo carinhoso

MENSAGENS AO VENTO disse...

_______________________________


...infrutíferas buscas... Sei como é! Você consegue descrever com maestria esse sentimento...


Beijos de luz e o meu carinho GRANDE!!!

___________________________

Rafael Castellar das Neves disse...

Muito ruim mesmo....costumo dizer ao meu amor que apenas quero esticar o braço e o alcançar...

beijos

Claudio Sousa Pereira disse...

A incontinência do eu-poético diante do invisível físico na presentificação interior daquele que o falta ou escapa-lhe. Parabéns, Marta.

Saudações de Claudio.

Armando Sena disse...

Enorme. Por vezes a procura é melhor que o encontro.
bjs

Nilson Barcelli disse...

Às vezes é precisio usar outros sentidos para além do tacto...
Magnífico poema, gostei muito, querida amiga Marta.
Beijos.

Teresa disse...

Marta,

Porque será que as maiores saudades são sempre do que não vivemos e não tivemos, mas sabemos que há?!

A sua poesia é tão cheia de entrelinhas...

Beijinhos.

BC disse...

Hoje apeteceu-me voltar, gosto mais da MV do "Lua com Dona", do que "RC do FB".Não sei se entendes o que quero dizer, aqui é o cantinho de poucas pessoas que durante muio tempo se uniram numa vontade comum de partilharem as suas palavras, tudo é mais pesssoal.
Acho que vou voltar *à escrita que larguei praticamente, aqui fizeram-se amigos virtuais a sério.
BJ

tecas disse...

Com mestria querida, Marta consegue
fazer sentir ou escapar o tacto, mum sublime poema.Excelente.
Bjito e uma flor

A.S. disse...

Há caricias com lágrimas na ponta dos teus dedos!...


Beijos!
AL

Secreta disse...

Tactear na essencia do sentir...e ser plena!

Tatiana Moreira disse...

Você faz parte da alegria que eu estou sentindo... Por essa razão conto com a sua presença em meu blog, participando do sorteio que será realizado!
Sinta-se carinhosamente abraçada.

Mel Almeida disse...

sem comentários...és de facto uma boa escritora!
Adoro os teus poemas e os teus textos
Um abraço desta fã!

Mel Almeida disse...

Encontras de qualquer forma, e, sempre, a forma mais correcta de te encontrares!
Mais uma vez Parabéns.