segunda-feira, 9 de novembro de 2009

PUGILISMO NO CORAÇÃO


De um lado
o vermelho rubro do coração.
Do outro
o cinzento pugilista da razão.

Sob os pés dançarinos
um ringue de palavras em dúvida.
Os músculos retesam-se.
Os punhos avançam.
O combate começa.

Espectadores praguejam.
Incitam.
As apostas estão em jogo.
Que ganhe o coração!
Que ganhe a razão!

E os pugilistas em golpe baixos
ensanguentam a lua
ensombram o sol
rebolam-se no ringue
já riscado de sangue.

Rasga-se um novo olhar…

Espreitam pelas ameias do medo.
E abraçam-se. E fundem-se.
O árbitro anula o combate.
Não vence o coração! Não vence a razão!

Estranhos são os humanos
que erguem ringues de pugilismo
dentro do coração.

MV

10 comentários:

Um Olhar disse...

...Não vence o coração! Não vence a razão...
A lógica da vida... Por mais complicado que se afigure tudo tem sentido...um é a razão outro a emoção.

Bjo,
Fatima

Fernanda disse...

O coracao sentimental e um orgao virtual que deve causar muitos sustos e interrogacoes no coracao orgao real. gostei... beijinhos

Sonia Schmorantz disse...

Não há mesmo vencedores, o grande campeão deveria ser o equilíbrio, aposentando assim os dois pugilistas...
Super criativo!
beijos

Andreia disse...

E são esses humanos que nos sorriem! *

poematar disse...

Óptimo poema e ... lá está o final impecável. De facto somos mesmo esquisitos: lutas inglórias, porquê?...Já tinha saudades. Força!

CarlaSofia disse...

A razão é mental, o coração é emocional. A eterna divergência de um e outro. Dizem que devemos seguir o coração... mas eu acho que nem um nem outro... Devemos seguir a Intuição!
um beijinho, votos de um domingo feliz
~universosquestionáveis~

BC disse...

Quantas vezes é difícil a decisão, num prato de uma balança, ficamos indecisos entre o coração e a razão.
Eu sou suspeita porque só toda coração e nem sempre será a melhor opção, depende das circuntâncias.
Beijo
Isabel

MENSAGENS AO VENTO disse...

______________________________


...sim! Somos mesmo muito estranhos...

Adorei o seu poema, Marta!!!


Beijos de luz e o meu carinho...


Zélia (Mundo Azul)

__________________________________

Poemarte disse...

E tantas as vezes essa luta,nos põe de rastos e nos mata



Beijos

MSLS disse...

Uma ideia muito gira!