segunda-feira, 29 de junho de 2009

PRÉMIO LEMNISCATA



AGRADEÇO ESTE PRÉMIO AOS AMIGOS JOTA (POEMAR-TE), ISABEL (ARTISTA MALDITO) E "PRINCESA" ( O NOSSO CASTELO)


TRANSCREVO O TEXTO QUE SE ENCONTRA PUBLICADO NO BLOG "ARTISTA MALDITO" SOBRE O SIGNIFICADO DESTE PRÉMIO:


“O selo deste prémio foi criado a pensar nos blogs que demonstram talento, seja nas artes, nas letras, nas ciências, na poesia ou em qualquer outra área e que, com isso, enriquecem a blogosfera e a vida dos seus leitores."

Sobre o significado de LEMNISCATA: “curva geométrica com forma semelhante à de um 8; lugar geométrico dos pontos tais que o produto das distâncias a dois pontos fixos é constante.” Lemniscato: ornado de fitas; Do grego Lemniskos, do latim, Lemniscu: fita que pendia das coroas de louro destinadas aos vencedores (In Dicionário da Língua Portuguesa, Porto Editora).

MV



9 comentários:

Isabel José António disse...

Cara Amiga Marta,

Vim aqui parar ao seu blogue através dos Universos Questionáveis.

Dou-lhe os parabéns pela nomeação.

Mas o que me atraíu a vir aqui foi o seu comentário que deixou naquele blogue afirmando que se sentia um pouco confusa sobre o modo como procurar a paz ou deixar que ela seja experienciada por si.

Um sinónimo de paz pode ser encontrado em harmonia, serenidade, tranquilidade, etc.

E estas só podem ser experienciadas quando estamos de acordo com o fluir da vida, integrando-nos nesse fluir assim como quem bebe água. Por isso a procura exagerada não costuma resultar. A paz, essa harmonia do Universo já está dentro de nós. Apenas nós, como todos os nossos condicionamentos psicológicos, não a conseguimos experienciar.

Seria necessário fazerum silêncio interior profundo, para que a mente se acalme e pare com o seu palrar interminável para que essa paz seja sentida e experienciada por nós. Os aparelhos neurobiológicos estão instalados em cada ser humano. Podem é estar desactivados ou "enferrujados" por falta de uso.

Mas se não fizermos expectativas, se não criarmos "filmes" (que apenas passam nas nossas mentes) somos muito bem capazes de experienciar a paz, deixando que as coisas venham ter connosco.

Peço desculpa duma resposta tão longa. Se quiser aprofundar este ou outros temas, pode escrever para o nosso email:www.isabeljoseantonio@gmail.com.

Se nos quiser visitar em qualquer dos nossos blogues, pelo menos dois deles: POESIA VIVA e O CAMINHO DO CORAÇÃO, seja bem vinda.

Um abraço

José António

As Chamas do Fénix disse...

Bem entregue o mimo. Lemniscata bem parecido ou igual ao simbolo do infinito... infinitamente excelente poetiza ...

Uma Grande Chama para ti... beijos

poematar disse...

Fizeste bem. Acho que o apaguei inadvertidamente. Enfim, são os avessos... Vamos ver se no próximo dim-de-semana isto melhora. Um beijo.

A.S. disse...

Marta..

Felicito-te vivamente! Tu mereces sem qualquer dúvida!
Parabéns pelo teu talento!


Beijos...

CarlaSofia disse...

Querida Martinha,
muito obrigada pelo prémio, vou guardá-lo bem pertinho do meu coração.
beijinhos e um sorriso

Ana disse...

Parabéns amiguita Marta....estou orgulhosa de ti!
Deixo um beijinho cheio de carinho :)

Nilson Barcelli disse...

Parabéns pelo prémio.
Não gosto de prémios deste tipo, já que, na prática, são apenas mimos de uns blogueiros para os outros.
Mas como o teu talento é inegável, acho que tu mereceste este prémio.
Beijo.

Anónimo disse...

Sinceramente nao estou a ver qual o interesse destas distincoes num blog como o seu. A sua poesia diz tudo ,nao precisa de mimos deste tipo mas sim do reconhecimento atraves dos comentarios construtivos e sinceros de todos aqueles que tem o privilegio de ler a sua poesia.Em minha opiniao sao adornos indispensaveis num blog que nao precisa de cores berrantes para chamar a atencao.
Continue a escrever sempre o que sente, fiel aos seus principios.Os selos estao nas suas palavras que sao as verdadeiras marcas das suas emocoes .Aceito o que as pessoas fazem .aceito o que as pessoas dizem, espero que aceite este reparo se assim o quiser ver como uma forma de valorizar ainda mais a sua poesia.Seria bom que o sentisse como um premio.
Bom fim de semana.

Marta Vasil disse...

Mereceu-me muita atenção este seu comentário e desde já lho agradeço. Penso ter-se enganado ao escrever que os mimos blogueiros “são indispensáveis num blog…”, certamente terá querido escrever que são dispensáveis.
Julgo ter percebido o seu ponto de vista, mas arranha a minha opinião. Acho que eles ocupam o papel e o lugar que quem os atribui, quem os recebe ou quem os visita lhe queira dar ou queira ver.
Vejo-os apenas como mais uma forma de se dizer que se gosta de um blogue, partindo do pressuposto de que através deles vem e vai a verdade de cada um que os recebe ou que os "repassa".
Recebo-os com carinho como recebo comentários e envio-os como envio comentários. Não os considero de extrema importância, mas também não os desvalorizo.
Obrigada pelos conselhos deixados (são-me importantes) e claro que aceito o seu reparo como prémio.

Boa semana